portal seguro e saúde

Tabela IMC: dicas para atingir o índice normal e recomendado na categoria

Em:17/05/16 Por:barela

O Índice de Massa Corpórea, o IMC, é uma fórmula que calcula o peso em relação à altura e indica se o nível de gordura está de acordo com o recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Como calcular?

O índice é obtido pelo resultado da divisão do peso (em quilos), pela estatura (em metros), elevada ao quadrado.

IMC = peso (kg) ÷ altura² (metros)

Por exemplo, se o seu peso é 80 kg e a sua altura é 1,80 m:

IMC = 80 ÷ 1,80²

IMC = 80 ÷ 3,24

IMC = 24,69

Resultado

Segundo a Organização Mundial de Saúde, os possíveis resultados do IMC correspondem aos seguintes estados nutricionais:

Abaixo de 18,5 = abaixo do peso ideal

Entre 18,5 e 24,9 = peso ideal

Entre 25,0 e 29,9 = sobrepeso

Entre 30,0 e 34,9 = obesidade grau I

Entre 35,0 e 39,9 = obesidade grau II

Entre 40 e acima = obesidade grau III 

Como atingir o nível recomendado de IMC

Diversos estudos relacionam o sobrepeso e a obesidade como fatores de risco para doenças, como hipertensão arterial e diabetes. Estar abaixo do peso adequado também é prejudicial à saúde, já que a pessoa pode desenvolver problemas relacionados à subnutrição. Então, é importante manter o IMC normal.

No primeiro caso, quando o IMC estiver alto, “deve-se comer alimentos ricos em vitaminas e minerais, tendo o cuidado de diminuir o consumo de alimentos ricos em gordura, como massa folheada, bolos e biscoitos recheados, salgadinhos e churrasco, por exemplo”, explica a nutricionista Tatiana Zanin. Uma dieta saudável, portanto, aliada e atividades físicas.

Na hipótese inversa, de IMC baixo, Tatiana recomenda alimentos ricos em vitaminas e minerais, evitando fazer muitos esforços para que o corpo possa absorver e distribuir melhor as calorias ingeridas.

“É importante que as pessoas com IMC muito baixo se esforcem para comer uma maior quantidade de alimentos de boa qualidade várias vezes ao dia, mas sem cair no erro de comer alimentos ricos em gordura. Pizza, frituras, cachorro quente e hambúrguer não são os melhores alimentos para quem precisa aumentar o peso de forma saudável, porque este tipo de gordura pode se acumular no interior das artérias, aumentando o risco de doença cardíaca”, alerta a especialista.

Por fim, é importante ressaltar que a falta de apetite – que pode contribuir para a queda do IMC – pode estar associada a outras doenças. Por isso é fundamental procurar um médico quando existir essa condição.

O IMC, porém, possui algumas limitações. O índice não é o parâmetro indicado para se avaliar o peso de crianças, idosos ou gestantes, por exemplo. Além disso, o IMC pode superestimar a quantidade de gordura em pessoas que tenham muito peso devido a uma grande massa muscular, como é o caso de atletas e fisiculturistas.

Por isso, é recomendado associar outros meios de diagnóstico e procurar a orientação de um profissional de saúde.

Comentários

Solicite seu
Orçamento Online

Solicite um orçamento online dos produtos comercializados pela Barela de modo simples e prático. Preencha os campos ao lado e envie o seu pedido. Em breve, nossa equipe entrará em contato.

  • 20 anos de experiência de mercado.
  • As maiores operadoras e seguradoras nacionais.
  • 500 mil clientes entre empresas e pessoas físicas.
  • Sim Não