portal seguro e saúde

Como funciona o tratamento para leptospirose

Em:31/10/16 Por:barela

A leptospirose é uma doença transmitida por animais e causada pela bactéria Leptospira interrogans. Ocorre nos mamíferos, principalmente roedores, mas também pode atingir cães e gatos domésticos, por exemplo. A transmissão para os humanos se dá com o contato com a água ou o solo contaminado por esses animais doentes. Arranhões e ferimentos são as portas de entrada ideais para a bactéria.

Tratamento para Leptospirose

Sintomas

Na fase inicial os sintomas da leptospirose são parecidos com de outras doenças comuns.

– Dor de cabeça;

– Febre;

– Dores pele corpo (especialmente na panturrilha);

– Icterícia (pele e mucosas com uma coloração mais amarelada);

– Tosse;

– Cansaço;

– Calafrios;

– Náuseas;

– Diarreia;

– Olhos vermelhos;

– Desidratação.

Tratamento

O tratamento consiste basicamente no uso de antibióticos e de medicamentos diversos para alívio dos sintomas. A hidratação do organismo também é fundamental para uma melhora. É preciso haver suporte clínico caso os sintomas sejam preocupantes ou muito intensos.

Os casos mais leves de leptospirose são todos tratados em ambulatório. Outros mais graves ou que já tenham provocado complicações precisam de cuidados especiais e de internação hospitalar. Esta doença costuma surgir abruptamente após o contágio e os sintomas tendem a desaparecer espontaneamente após três ou quatro dias de manifestação. Apesar disto, é extremamente importante que se busque por auxílio profissional quando diante de algum sintoma ou após contato com lama ou água de enchentes e inundações. Isto porque, algumas vezes o quadro pode piorar consideravelmente e gerar sérias complicações à saúde.

Não se automedique caso haja suspeita de leptospirose. O uso indevido de medicamentos pode provocar disfunções preocupantes no seu organismo. Consulte um médico sempre que achar que algo está errado com o seu corpo. Cuide bem da sua saúde e mantenha bons hábitos de higiene. Nunca hesite em procurar por ajuda.

Prevenção

Evite o contato com a água ou com a lama de enchentes e inundações. Não deixe que crianças brinquem ou nadem em lugares com possível urina de ratos ou de cachorros. Pessoas que trabalham na limpeza de entulhos, com desentupimento de esgotos ou com limpeza de lamas precisam utilizar botas e luvas adequadas ao serviço.

Medidas de higiene básica devem ser tomadas. Saneamento básico também é essencial. O controle dos roedores é muito importante. Para mantê-los longe de sua casa procure armazenar alimentos em vasilhas fechadas. Deixe o lixo sempre elevado do solo. Não jogue o lixo em locais próximos a córregos, pois atrai os roedores e ainda contribui com as enchentes. Mantenha os vasos sanitários com a tampa abaixada e feche buracos em telhas, paredes ou rodapés.

Fonte: Portal Saudemedicina

Comentários

Solicite seu
Orçamento Online

Solicite um orçamento online dos produtos comercializados pela Barela de modo simples e prático. Preencha os campos ao lado e envie o seu pedido. Em breve, nossa equipe entrará em contato.

  • 20 anos de experiência de mercado.
  • As maiores operadoras e seguradoras nacionais.
  • 500 mil clientes entre empresas e pessoas físicas.
  • Sim Não