Dia Mundial do Doador de Sangue

 em Dicas de Saúde

14 de junho é a data escolhida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como o Dia Mundial do Doador de Sangue – um misto de agradecimento, alerta e conscientização. Apesar da boa vontade de muitos, o Brasil ainda tem um número de doadores abaixo do ideal e os bancos de sangue estão sempre precisando de mais voluntários.

A parcela de doadores de sangue no Brasil é de 1,8% da população, contra 3% que é a meta estabelecida pela OMS (Organização Mundial de Saúde). E olha que estamos falando de um ato pra lá de simples: doar sangue leva em média 30 minutos, é totalmente seguro e não há risco de contaminação.

A quantidade retirada de sangue é de aproximadamente 400 ml. Os níveis de plasma se normalizam em 24 horas, de glóbulos vermelhos em 4 semanas, e o ferro leva 8 semanas para os homens e 12 semanas para as mulheres – este também é tempo mínimo recomendado para a próxima doação.

A quantidade de sangue doada não traz nenhum prejuízo à saúde ou rotina do doador. Caso tenha dúvida se você está apto a ser um doador, procure o hospital ou hemocentro mais próximo, ou se informe pelo site: prosangue.sp.gov.br.

Tipos de sangue

Os tipos sanguíneos são: +A, -A, +B, -B, +AB, -AB, +O e –O. O tipo -O é o doador universal e o +AB é o receptor universal, mas todos os tipos precisam de doação. Doar sangue é um ato voluntário de generosidade e importante para toda a sociedade.

Especial

A It’sSeg, nossa marca que atua na gestão de benefícios para grandes empresas, produziu recentemente um material especial sobre doação de sangue. Lá tem todas as informações que você precisa saber antes de se tornar um doador. Acesse: https://segurosinteligentes.com.br/portalrh/doacaodesangue