Chá verde: consumo pode diminuir doenças cardíacas e derrames

 em Dicas de Saúde

Beber chá verde ao menos três vezes por semana reduz em 56% os riscos de doenças cardíacas e em derrames, 39%. É o que mostra a pesquisa publicada no periódico European Journal of Preventive Cardiology, da Sociedade Europeia de Cardiologia.

O chá verde é rico em polifenóis, um potente antioxidante. “Os polifenóis não ficam armazenados no corpo por muito tempo, por isso, a ingestão frequente é necessária para ter um efeito cardio protetor”, afirma um dos pesquisadores, Dongfeng Gu, da Academia Chinesa de Ciências Médicas.

O trabalho acompanhou 100 mil homens e mulheres ao longo de oito anos sem histórico de problemas cardíacos, câncer ou derrame. Os voluntários foram separados em três grupos: os que bebiam três ou mais xícaras de chá por semana, os que consumiam quantidades menores e aqueles que nunca tomam. Os resultados foram observados apenas no primeiro grupo. Segundo os autores, outros estudos são necessários para confirmar os resultados e orientar as diretrizes alimentares.

Como preparar o chá verde

Saber como fazer o chá verde é extremamente importante, pois preparando da maneira correta você poderá aproveitar todos os benefícios que a erva pode oferecer. Evite preparar o chá com os típicos saquinhos, pois muitas das propriedades são perdidas, além de possuírem resíduos do caule da planta, que não possui tantos nutrientes. Não há nenhum grande segredo no modo de preparo, assim, além de fácil, é muito rápido e você pode seguir com o procedimento em qualquer horário do seu dia sem atrapalhar suas tarefas. Confira como fazer o chá verde abaixo:

  1. Em uma panela ou chaleira aqueça água filtrada e assim que começar a borbulhar, desligue o fogo.
  2. Acrescente uma ou duas colheres de sopa da erva do chá verde (Camellia sinensis) para cada litro de água quente e tampe o recipiente.
  3. Deixe em infusão por cerca de 3 a 5 minutos.

O chá verde tem um gosto amargo, que pode tornar sua ingestão um pouco difícil, para ficar mais fácil você pode adoçá-lo com um pouquinho de mel, ou ainda durante o seu preparo, adicionar frutas, gotas de limão ou ervas mais suaves.

Ele pode ser servido quente ou como chá gelado, mas é importante que apenas seja tomado meia hora antes das refeições ou duas horas após elas, para não intervir na absorção dos seus nutrientes.

Gostou desse artigo? Acesse nosso blog e confira outros artigos para sua saúde e bem-estar.

Doenças de Inverno: Sintomas e prevençãoQuatro Práticas Integrativas para uma gestação mais saudável