Obesidade: prevenção e tratamento

 em Dicas de Saúde

Você sabia que mais de 18% dos brasileiros sofrem com a obesidade? E que o sobrepeso, hoje, atinge 54% da população? Esses são dados alarmantes, mas que reforçam a importância de mantermos uma vida saudável, evitando assim diversas complicações à saúde.

Se você está entre os que precisam perder peso, o segredo de uma dieta de sucesso é ter foco, ou seja, procure um nutricionista e siga à risca a dieta prescrita. Outra dica é fazer suas marmitas e lanches para garantir que você coma de três em três horas e evitar deslizes em restaurantes self-service ou fast-food. Confira nossas quatro dicas para se prevenir da obesidade:

Dicas para se prevenir da obesidade

  1. Siga uma dieta equilibrada e variada. E coma as porções recomendadas! Consulte a Roda dos Alimentos e não coma mais do que o recomendado, devendo apostar nos legumes, cereais integrais, peixe e fruta. Corte nos alimentos processados, com açúcar e gorduras saturadas. Reduza ainda o consumo de carnes vermelhas, bem como a manteiga ou os lacticínios com alto teor de gordura.
  2. Não fique mais de três horas sem comer. Fazer uma refeição a cada 3 horas, para além de o ajudar a manter-se saciado, também ajuda a estabilizar o açúcar no sangue e a insulina, nas pessoas com resistência à insulina. No entanto, tenha atenção: as porções devem ser mais pequenas. O truque é comer pouco e mais vezes ao dia, tendo em conta em não ultrapassar o aporte calórico recomendado para o seu caso.
  3. Pratique exercício físico. Este conselho já não é novidade! E embora pense que quando se fala em exercício físico significa que tem de começar a praticar um desporto mais intenso, a verdade é que basta escolher uma atividade que lhe dê prazer, como uma caminhada. O que interesse é que se mexa e o faça com regularidade! A Fundação Portuguesa de Cardiologia, aconselha: “sempre que possível ande a pé nas suas deslocações e privilegie o contacto com a natureza com pequenos passeios ou caminhadas ao ar livre”.
  4. Diga não às dietas “relâmpago”: aconselhe-se com um especialista. Emagrecer pode ser fácil, o difícil é manter o peso dentro dos valores recomendados. Por isso, se quer perder peso e manter-se saudável procure ajuda especializada. O seu médico ou nutricionista, depois de avaliar o seu caso, pode aconselhá-lo melhor que ninguém sobre o que pode ou não comer, quais os exercícios que pode ou não praticar. O importante é focar-se no seu objetivo a longo prazo!

Você sabe o que é Obesidade mórbida?

A obesidade mórbida é uma forma de acúmulo excessivo de gordura no corpo, caracterizada pelo IMC maior ou igual a 40 kg/m². Esta forma de obesidade é classificada como grau 3, que é mais grave, pois, a este nível, o excesso de peso coloca em risco a saúde e tende a diminuir o tempo de vida da pessoa.

Para emagrecer e deixar de ser obeso, é fundamental adotar uma reeducação alimentar, comendo alimentos saudáveis, ricos em vegetais e carnes magras, e eliminando guloseimas, gorduras, frituras e molhos.

É importante compreender que o paladar se acostumou com esse tipo comida calórica, sendo uma espécie de vício, mas que é possível se adaptar e até passar a gostar de comidas mais saudáveis, entretanto, é preciso se esforçar.

A dieta precisa ser feita com o acompanhamento de um nutricionista, para que seja possível se adaptar à rotina e às doenças que a pessoa tem, como diabetes, colesterol alto e hipertensão, que são problemas comuns na obesidade mórbida. Além disso, não se deve fazer dietas severas, porque são muito difíceis de cumprir. Reserve um tempo para as atividades físicas. Pode ser uma caminhada, pedalada ou até mesmo dança. O importante é fazer uma atividade que você goste com regularidade.

Outubro Rosa: o mês de conscientização do Câncer de MamaNovembro Azul: conscientização a respeito do câncer de próstata